Preparando o Linux para o processo eletrônico

Segue um passo a passo para preparar um computador rodando Linux para executar tarefas no Processo Eletrônico, especialmente no ambiente PJE – Processo Judicial Eletrônico.

Quem já se deparou com essa condição acima sabe que não é uma tarefa fácil, porém, com os procedimentos abaixo e com alguma perseverança o colega que nos lê também conseguirá superar as dificuldades e em poucos minutos poderá peticionar no PJE através de computadores que rodam Linux.

Vamos aos procedimentos:

O ambiente utilizado é um computador com a distribuição Linux Ubuntu versão 16.04LTS.

1) INSTALAÇÃO DO JAVA:

Com o desktop logado, acesse o terminal do seu computador com os comandos:

CTRL+Alt+T

Então, digite o seguinte comando:

$ sudo add-apt-repository ppa:webupd8team/java

Em seguida digite esse comando:

$ sudo apt-get update

Ato sequente, digite esse comando:

$ sudo apt-get install oracle-jdk7-installer

Convém explicar que durante o último comando será retornada uma mensagem se aceita instalar pacotes no computador e se aceita os termos da Oracle para usar o Java. Basta responder positivamente e a instalação logo é terminada.
Feito isso, o seu computador já deverá estar com o Java devidamente funcionando.

2) INSTALAÇÃO DE PACOTES DE DRIVERS:

Aqui será necessário instalar alguns pacotes para a correta compatibilidade do sistema. Basta seguir essa ordem abaixo:

Acaso ocorram erros com a instalação dos pacotes acima, o que pode ocorrer devido atualizações etc, sugiro instalar alguns pacotes seguindo o procedimento a seguir:

  • Adquira acesso de root no Terminal. Isso se faz pelo comando:

$ su root

  • Atualize sua lista de pacotes com o comando:

apt-get update

  • Instale os pacotes com o comando:

apt-get install opensc openssl libopensc-openssl pcscd pcsc-tools -y

  • Teste a leitora plugando o seu token ou cartão e digitando no terminal:

# pcsc scan

  • Se tudo estiver correto será apresentado na tela o nome do seu dispositivo de assinatura. Para sair basta digitar:

CTRL+C

3) INSTALAÇÃO DO GERENCIADOR CRIPTOGRÁFICO

Baixe o SafeSign para Linux copiando e colando os comandos abaixo no terminal. Observe se a sua distro é 32bits ou 64bits:

  • SafeSign 32 bits:
    wget http://www.validcertificadora.com.br/upload/downloads/linux32bits/safesignidentityclient_3.0.77-Ubuntu_i386.deb
  • SafeSign 64 bits:
    wget http://www.validcertificadora.com.br/upload/downloads/linux64bits/safesignidentityclient_3.0.77-Ubuntu_amd64.deb

Após concluído o download acesse a pasta para onde foram baixados os arquivos do instalador acima e então dê o comando:

dpkg -i safesignidentityclient_3.0.77-Ubuntu_(identificador da versão).deb

4) ADAPTAÇÕES NECESSÁRIAS EM VIRTUDE DE INCOMPATIBILIDADES COM O NOVO COMPILADOR DO UBUNTU APÓS A VERSÃO 15.10

Com a versão 15.10 foram implementadas mudanças no compilador do Ubuntu, porém o gerenciador criptográfico não acompanhou as novas bibliotecas do sistema operacional, o que torna necessário algumas “adaptações” para que não ocorram erros, vejamos o que mais será necessário fazer:
Abra o Firefox, selecione “Editar” e então selecione a opção “Preferências” na janela que se abre.
Na lista de opções, à esquerda, selecione a última disponível: “Avançado”. Nela, selecione a opção “Certificados” e, em seguida, aperte o botão “Dispositivos de segurança”.
Na janela “pop-up” que se abre, clique em “Carregar”. Na nova janela que se abre, dê um nome, em “Nome do módulo”, por exemplo: Token OAB, e, no campo “Nome do arquivo do módulo”, copie e cole o código a seguir:

/usr/lib/libaetpkss.so.3

Feito isso o seu token já funciona, só que a partir do Ubuntu 16.04 vai aparecer uma mensagem de erro de dependência quebrada na sua barra de status.
Ocorre que os pacotes quebrados não são essenciais para o funcionamento do Token, e não tem como instalar eles até que sejam atualizados ao novo kernel do sistema então será necessario apagar as mensagens de erro.
No Terminal, digite:

$ sudo gedit /var/lib/dpkg/status

Agora, com o documento aberto em edição procure o pacote “safesignidentityclient”. Para tanto, aperte a combinação de teclas:

Ctrl+F

Então, digite no campo de buscas o seguinte:

safesign

Na seção “Depends” estão listadas as dependências do pacote da SafeSign. Os pacotes que geram as mensagens de erro são libwxbase2.8-0 e libwxgtk2.8-0.
Basta apagar as referencias a eles nesse arquivo em edição e então salve o documento.
Finalizadas essas etapas o seu computador Linux Ubuntu estará apto a utilizar o processo eletrônico PJE.
Após o processo acima foi testado e verificada a viabilidade de peticionamento nos ambientes seguintes: a) Escritório Digital do TRT9ª Região; b) PJE em âmbito nacional;


O Escritório de Advocacia Emerson Dias Levandoski agradece a leitura